(65) 3644-2809

contato@sindifrigo.com.br

R I, 105 - EDIF ELDORADO HILL,

Alvorada - Cuiabá, MT

De 25 frigoríficos do Brasil, cinco de Mato Grosso são autorizados a exportar para a China; veja lista

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

O Brasil vai vender mais carnes para a China, com a habilitação de mais 25 frigoríficos. Nesta segunda-feira (9), o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) recebeu um comunicado da GACC, órgão de sanidade chinês, informando a habilitação dessas plantas para a exportação de carnes para o país asiático.

De Mato Grosso, são cinco indústrias frigoríficas autorizadas: Mafrig, de Várzea Grande;  Naturafrig, de Barra do Bugres; Redentor, de Guarantã do Norte; Agra, de Rondonópolis; e Vale Grande Alimentos, de Matupá.

Dos 25 frigoríficos habilitados, 17 são produtores de carne bovina, seis de frango, um de porco e um de asinino. As empresas já podem exportar imediatamente. Com a decisão do órgão de sanidade chinês, o número de plantas habilitadas passa de 64 para 89.

Mais frigoríficos brasileiros vão exportar carnes para a China – Marcello Casal Jr / Agência Brasil

As negociações para que o GACC ampliasse o número de frigoríficos brasileiros autorizados a exportar para a China foram conduzidas pelo Mapa, em conjunto com o Ministério das Relações Exteriores e a Embaixada do Brasil em Pequim.

Em sua passagem pelo Mapa, Blairo Maggi cumpriu missão de “mascate” e fez várias viagens à Europa, Ásia e Oriente Médio, em busca de abertura ou ampliação de mercados para os produtores brasileiros, especialmente grãos e carnes.

Na esteira do antecessor, Tereza Cristina e comitiva viajaram em maio para China e outros países asiáticos, com o objetivo ampliarem a venda dos produtos agropecuários brasileiros.

Veja a lista completa das indústrias frigoríficas, liberadas pelo Mapa:

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.